Telefone Bolsa Família 2019: 0800 Bolsa Família

Recebendo ou não o benefício do governo, o telefone Bolsa Família 2019 é um canal de atendimento que pode sanar todas as dúvidas sobre o programa. Criado principalmente para atender os beneficiados, o telefone Bolsa Família 2019 faz o atendimento para todo o Brasil. Sendo que o sistema não cobra pela ligação.

Telefone Bolsa Família 2019

Telefone Bolsa Família 2019

Como funciona o Bolsa Família 2019?

Criado pelo Governo Federal em 2003, o Bolsa Família é um programa de transferência de dinheiro para famílias brasileiras em condição de pobreza e extrema pobreza.

✓ Faça aqui a simulação do Minha Casa Minha Vida 2019!

O objetivo é que esse dinheiro sirva como uma fonte de combate a pobreza. Custeando gastos com: comida, educação, saúde, itens básicos de higiene e sobrevivência.

O projeto brasileiro atende mais 13 milhões de famílias em todo o país. Em nível federal, o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) é o responsável por gerenciar o Bolsa Família.

Todos os estados e municípios fazem parte desse programa. Sendo que cada local institui um órgão para cuidar das ações do mesmo. Nas cidades, o principal setor público é o Centro de Referência da Assistência Social (CRAS).

✓ Veja aqui como se inscrever no CadÚnico 2019!


Quem tem direito ao Bolsa Família 2019

Se a sua dúvida é sobre quem tem direito ao Bolsa Família 2019, não precisa ligar para o telefone Bolsa Família 2019. Essa informação pode ser dada nas unidades do CRAS, no site do MDS, e nesse artigo.

Como o objetivo é o combate a pobreza, é necessário que as famílias beneficiadas estejam em situação de vulnerabilidade social. Quando não conseguem exercer seus direitos básicos, por não possuir renda suficiente.

O Governo Federal instituí dois tipos de famílias que se encaixam como garantidoras do programa:

  • Todas as famílias com renda por pessoa de até R$ 89,00 mensais;
  • Famílias com renda por pessoa entre R$ 89,01 e R$ 178,00 mensais, desde que tenham crianças ou adolescentes de 0 a 17 anos.

O valor oferecido para essas famílias é diferente. Variando conforme a necessidade de cada uma delas.


Cadastro Bolsa Família 2019

O cadastro Bolsa Família 2019 não é feito pelo telefone Bolsa Família 2019, ou via internet. Na verdade, não há um período para essa inscrição ou uma forma concreta de fazê-la.

As famílias interessadas devem comparecer aos locais da sua cidade que realizam o Cadastro Único, normalmente uma unidade do CRAS. Os documentos devem ser comprovatórios de baixa renda, além da identificação de cada membro da família.

Depois disso, o MDS analisa os inscritos e seleciona aqueles que devem receber o benefício. Considerando o número de pessoas de baixa renda do município e o número de cadastros. Os recrutados, devem seguir as exigências:

  • No caso de existência de gestantes, o comparecimento às consultas de pré-natal, conforme calendário preconizado pelo Ministério da Saúde (MS);
  • Participação em atividades educativas ofertadas pelo MS sobre aleitamento materno e alimentação saudável, no caso de inclusão de nutrizes (mães que amamentam);
  • Manter em dia o cartão de vacinação das crianças de 0 a 7 anos;
  • Acompanhamento da saúde de mulheres na faixa de 14 a 44 anos;
  • Garantir frequência mínima de 85% na escola, para crianças e adolescentes de 6 a 15 anos, e de 75%, para adolescentes de 16 e 17 anos​.

Pagamento Bolsa Família 2019

O pagamento Bolsa Família 2019 é feito pela Caixa Econômica Federal. As famílias selecionadas recebem um cartão do banco, em nome do chefe da família, que permite a retirada mensal do benefício.

Os valores se diferem conforme a renda de cada inscrito. O auxílio mínimo é de R$89. Mas varia conforme a composição da família, se possuir gestante, mulheres que amamentam e crianças de 0 a 15 anos, o benefício aumenta.

É permitido que seja recebido um valor máximo de R$205 mensal. Quando há acúmulo de até 5 benefícios.


Telefone Bolsa Família 2019

Em caso de dúvidas, o indicado é ligar para o telefone Bolsa Família 2019. Os atendentes estão capacitados para orientar sobre todos os processos que envolvem o programa.

Por meio do sistema, é possível verificar o saldo atual, datas de pagamento, e informações em geral.

  • Telefone: 0800-707-2003;
  • Atendimento ao público: Segunda à sexta-feira. Das 8h às 20h.

No momento da ligação é preciso informar o CPF do titular e o número do cartão de benefício. A ligação é gratuita para todo o país. No entanto, precisa ser feita de um aparelho de telefone fixo.