Ciência sem Fronteiras 2018: Novas Regras, Inscrições

O Ciência sem Fronteiras 2018 permite que estudantes realizem intercâmbio para outros países. O Ciência sem Fronteiras 2018 beneficiou milhares de estudantes que cursam graduação e pós-graduação, o estudante tem a possibilidade de viajar para países desenvolvidos e com tecnologia avançada. 

 

 

Ciência sem Fronteiras 2018

Iniciativa do Governo Federal, junto com o Ministério da Educação e Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, o programa Ciência sem Fronteiras 2018 tem como um dos seus objetivos expandir a tecnologia e a ciência brasileira, oferecendo aos seus alunos intercâmbio. 

O programa além de enviar estudantes brasileiros – de graduação e pós-graduação, – o programa  também tem como um dos seus objetivos adquirir pesquisadores de outros países que desejam vim para o Brasil ou conquistar novas parcerias com os pesquisadores brasileiros, nas áreas que para o Governo Federal é prioritário. 

Um dos maiores objetivos do programa educacional é promover uma maior implantação de empresas que residem no Brasil no exterior. 

✱ Veja Também como Participar:
     SISU 2018
     PROUNI 2018

 



Áreas Contempladas pelo Ciência sem Fronteiras 2018

Várias são as áreas que são contempladas no programa Ciência sem Fronteiras 2018, áreas que contemplam todos as categorias de ensino. 

Você pode conferir abaixo as áreas:

  • Ciências Exatas e da Terra;
  • Computação, Ciências Biomédicas e da Saúde;
  • Fármacos;
  • Petróleo, Gás e Carvão Mineral;
  • Tecnologia Mineral;
  • Nanotecnologia e Novos Materiais;
  • Biodiversidade;
  • Indústria Criativa
  • Formação de Tecnólogos
  • Engenharias e demais áreas tecnológicas
  • Biologia, Ciências Biomédicas e da Saúde;
  • Tecnologia Aeroespacial;
  • Produção Agrícola Sustentável;
  • Energias Renováveis;
  • Biotecnologia;
  • Tecnologia de Prevenção de Mitigação e Desastes Naturais;
  • Ciências do Mar;
  • Novas Tecnologias de Engenharia Construtiva.

Requisitos Ciência Sem Fronteiras

Assim como todos os programas do Governo Federal, o Ciência sem Fronteiras 2018 exige alguns requisitos para que o candidato possa participar do intercâmbio.

Veja abaixo alguns requisitos para participar:

  • Ser Brasileiro ou Naturalizado; 
  • Possuir boas notas, que precisam ser emitidas pela IES;
  • Estudar em instituições de ensino superior BRASILEIRAS ;
  • Cursar uma das áreas que sejam prioritárias do programa (que já citamos acima);
  • Ter obtido nota de no mínimo 600 pontos no ENEM – a partir das edições de 2009.

Instituições Parceiras do Ciência sem Fronteiras

Para quem vai querer participar é importante saber que as instituições parceiras são as melhoras instituições. Universidades conceituadas e de grande reconhecimento.

São vários os países que possuem parceria com Ciência sem Fronteiras 2018, veja alguns:

  • Alemanha;
  • Austrália;
  • Canadá;
  • Estados Unidos;
  • Cingapura; 
  • Espanha;
  • Finlândia;
  • França;
  • Itália; 
  • Japão.

Os países citados acima são apenas alguns dos mais de 30 países que fazem parte do projeto.


Inscrições para o Ciência sem Fronteiras 2018

Caso você esteja dentro dos requisitos exigidos pelo Ciência sem Fronteiras 2018 você poderá realizar as inscrições diretamente no site do programa.

No endereço citado acima você será enviado para a página onde será realizada toda a inscrição. Caso você deseje se inscrever no Ciência sem Fronteiras 2018 será necessário esperar um pouco, já que as inscrições ainda não foram abertas. Mas neste mesmo site colocado acima você acessar todas as outras informações importantes para participar.

 

Caso prefira, você pode entrar em contato pelo telefone (61) 3211-4000 ou 0800 616161 ou pela área Fale Conosco.


 

Ciência sem Fronteiras 2018: Novas Regras, Inscrições
1 votos. Average: 5 out of 5
One Response to “Ciência sem Fronteiras 2018: Novas Regras, Inscrições”
  1. Izadora de Souza Romão

Alguma dúvida? Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *